Pular

Dúvidas Frequentes Voltar

Tema: Cuidados e orientações

• Dieta oral líquida ou pastosa, fria ou gelada, sem pedaços, por 5 dias
• Não assoar o nariz
• Não tomar sol ou banho quente / morno
• Não fazer exercícios ou esforços físicos
• Podem ocorrer dores de ouvido e febres baixas (menores que 39ºC)
• Pode ocorrer mau hálito
• Podem ocorrer respiração bucal e/ou roncos nas primeiras semanas
• No banho normal:
    • Colocar algodão levemente umidecido em óleo no ouvido operado
• No banho lavando a cabeça:
    • Colocar algodão levemente umidecido em óleo no ouvido operado e envolver as orelhas com plástico filme
• Espirrar com a boca aberta e não prender o espirro

• Dieta oral líquida ou pastosa, fria ou gelada, sem pedaços, por 5 dias
• Não tomar sol ou banho quente / morno
• Não fazer exercícios ou esforços físicos
• Podem ocorrer dores de ouvido e febres baixas (menores que 39ºC)
• Podem ocorrer tosse e/ou mau hálito
• Espirrar com a boca aberta e não prender o espirro
• Entrar em contato com o médico responsável em caso de febre maior que 39ºC, se ocorrerem dores de cabeça e/ou tonturas fortes e em caso de sangramentos ativos

• Dieta oral líquida ou pastosa, fria ou gelada, sem pedaços, por 5 dias
• Não assoar o nariz
• Não tomar sol ou banho quente / morno
• Não fazer exercícios ou esforços físicos
• Podem ocorrer dores de ouvido e febres baixas (menores que 39ºC)
• Pode ocorrer mau hálito
• Podem ocorrer respiração bucal e/ou roncos nas primeiras semanas
• Espirrar com a boca aberta e não prender o espirro
• Entrar em contato com o médico responsável em caso de febre maior que 39ºC, se ocorrerem dores de cabeça e/ou tonturas fortes e em caso de sangramentos ativos

• Dieta oral geral
• Não molhar os ouvidos operados
• No banho normal:
    • Colocar algodão levemente umidecido em óleo no ouvido operado
• No banho lavando a cabeça:
    • Colocar algodão levemente umidecido em óleo no ouvido operado e envolver as orelhas com plástico filme
• Podem ocorrer dores de ouvido, zumbidos ou desconfortos na audição
• Podem ocorrer febres baixas (menores que 39ºC)
• Não tomar sol ou banho quente / morno
• Não realizar atividades ou esforços físicos
• Entrar em contato com o médico responsável se ocorrerem dores de cabeça e/ou tonturas fortes e em caso de sangramentos ativos

• Dieta oral líquida ou pastosa, fria ou gelada, sem pedaços, por 5 dias
• Não assoar o nariz
• Lavar ambas as narinas, em sessões de lavagem com soro fisiológico e seringa de 20ml de modo a consumir 2 litros de soro ao dia
• Não tomar sol ou banho quente / morno
• Não fazer exercícios ou esforços físicos
• Podem ocorrer dores, sensação de ouvido entupido e febres baixas (menores que 39ºC)
• Podem ocorrer tosse e/ou mau hálito
• Podem ocorrer sensações de anestesia dos dentes anteriores
• Espirrar com a boca aberta e não prender o espirro
• Entrar em contato com o médico responsável em caso de febre maior que 39ºC, se ocorrerem dores de cabeça e/ou tonturas fortes e em caso de sangramentos ativos

0 a 6 meses:

O bebê se assusta, chora ou acorda com sons intensos e repentinos. Reconhece a voz materna e procura a origem dos sons

6 a 12 meses:

Localiza prontamente os sons de seu interesse e reage a sons suaves. O balbucio se intensifica e reconhece seu nome quando chamado

12 a 30 meses:

Vai do início da primeira palavra (papai) até o uso de sentenças simples (dá bola). Lógico que ainda é cedo, mas nunca incentive o filho a falar errado só porque soa bonitinho. Se ela diz que o papai chegou de “calo”, corrija naturalmente dizendo que ele chegou de carro. O estímulo à pronúncia correta é fundamental no aprendizado

Fatores de risco para surdez (0 a 28 dias):

• Historico familiar: outros casos de surdez na família
• Infecção intra-uterina: provocada por certos microorganismos como rubéola, herpes, toxoplasmose, sífilis, etc
• Baixo peso ao nascer
• Hiperbilirrubinemia: Icterícia Neonatal – pode ocorrer 24 hs depois do parto. O bebe fica amarelado por causa do aumento da bilirrubina
• Medicações ototóxicas como antibióticos necessários em alguns casos
• Síndromes genéticas e neurológicas como: Down, Waldemburg, entre outras

Atitudes que devem ser observadas para a saúde de suas pregas vocais:

1. Hidratação – 8 a 10 copos de água por dia
2. Nunca competir em intensidade sonora com outras pessoas ou instrumentos musicais. Evite conversas em ambientes ruidosos
3. Evite falar quando estiver realizando exercícios físicos ou carregando peso
4. Reduza o uso da voz durante quadros gripais, resfriados ou crises alérgicas
5. Evite falar em ambientes secos, empoeirados, com ar condicionado ou de fumantes. Reduza a permanência nestes lugares
6. Evite falar demasiadamente ou rir muito alto
7. Evite mudanças bruscas de temperatura, tanto no ar ambiente quanto de líquidos a ingerir
8. Tossir ou pigarrear excessivamente
9. Disciplinar os horários de trabalho e/ou uso intenso da voz para que haja repouso vocal
10. Faça um período de repouso vocal após um uso intensivo da voz
11. Utilizar um tom muito grave ou muito agudo
12. Gritar sem o suporte respiratório adequado ou fazer esforço pra falar
13. Falar com “golpes de glote”
14. Discutir com frequência
15. Cantar de forma inadequada ou abusivamente ou fazer per de corais e teatro sem preparo adequado ou fora das suas características vocais
16. Roupas apertadas na altura do pescoço e abdomên
17. Manter a melhor postura da cabeça e do corpo durante a fala ou canto
18. Evite ingestão de alimentos como refrigerantes, comidas gordurosas, condimentadas, picantes ou fritas devido maior produção de gases e facilitarem o refluxo ácido do estômago. Alimentação pesada antes de um esforço vocal programado como execução coral, palestra, aula etc
19. Evite álcool e fumo; drogas inalatórias ou injetáveis
20. Realizar exercícios de relaxamento regularmente, liberando a tensão corporal e evitando a produção vocal com esforço e tensão
21. Aqueça a voz com exercícios específicos principalmente antes de usá-la de forma intensa
22. Realizar avaliações auditivas e fonoaudiológicas periódicas
23. Nunca se auto-medique ou tome medicamentos sem acompanhamento médico

Evitar:

• Café – máximo 1 xícara das de chá por dia (com ou sem leite)
• Chá de mate – máximo 1 xícara das de chá por dia
• Chocolate e derivados
• Refrigerante – principalmente os de cola (Coca e Pepsi)
• Massas, gorduras ou frituras
• Condimentos industrializados ou temperos fortes como pimenta, páprica, mostarda, caldos de carne e temperos completos
• Enlatados, conservas e embutidos
• Frutas cítricas como laranja, limão, kiwi, tangerina, maracujá, abacaxi, cajá, etc
• Tomates e derivados
• Se não for possível evitar, não associar mais que 2 dos itens acima


Não fazer:

• Cigarro
• Álcool
• Comer ou beber qualquer alimento ou líquido, inclusive água e deitar. Intervalo mínimo de 2 horas

• Não instalar cortinas: nem fina, nem grossa ou perciana
• Não utilizar tapetes: nem fino, nem grosso
• Não possuir bichos de pelúcia, bonecas ou almofadas
• Não possuir livros em estantes
• Não dormir com cobertores ou mantas de lã
• Não manter objetos que não sejam de uso frequente no armário deste quarto
• Não permitir a entrada de animais de estimação
• Limpar e arejar o guarda-roupa pelo menos uma vez por mês

Na casa:

• Não varrer a casa. Utilizar somente pano úmido para a limpeza
• Não utilizar espanador nos móveis. Utilizar somente pano úmido para a limpeza
• Evitar o uso de produtos de limpeza com odores fortes de qualquer espécie
• Evitar shampoos, condicionadores, cremes, sabão/sabonete, sabão em pó e amaciantes de roupas muito perfumados. Dar preferência a produtos sem perfume

• Café – máximo 1 xícara das de chá por dia (com ou sem leite)
• Chá de mate – máximo 1 xícara das de chá por dia
• Chocolate e derivados
• Refrigerante – principalmente os de cola (Coca e Pepsi)
• Massas, gorduras ou frituras
• Doces em geral. Preferir uso de adoçantes e produtos ligth ou diet
• Diminuir o sal ao máximo
• Cigarro
• Álcool


Sugestão:

• Procure ter uma alimentação diária saudável e fracionada em 5 ou 6 refeições (Café-da-Manhã, Colação, Almoço, Lanche, Jantar, Ceia)
• Consulte uma nutricionista para auxiliar na elaboração de uma dieta balanceada e nutritiva

• Café – máximo 1 xícara das de chá por dia (com ou sem leite)
• Chá de mate – máximo 1 xícara das de chá por dia
• Chocolate e derivados
• Refrigerante – principalmente os de cola (Coca e Pepsi)
• Massas, gorduras ou frituras
• Doces em geral. Preferir uso de adoçantes e produtos ligth ou diet
• Diminuir o sal ao máximo
• Anti-inflamatórios
• Uso de medicamentos com cafeína (Dorflex®, Tandrilax® etc.)
• Cigarro
• Álcool